A CABANA EM CHAMAS



O único sobrevivente de um naufrágio conseguiu chegar a uma pequena ilha deserta. 
Lá chegando, orou fervorosamente para Deus o salvar. Diariamente ele olhou atentamente o horizonte à espera de ajuda, mas já parecia não haver esperança.
Com o passar do tempo, foi ficando exausto, mas ainda assim conseguiu construir uma pequena cabana com folhas secas das árvores, restos de madeira... desta maneira tinha como se proteger, bem como guardar os poucos pertences que lhe restaram. 
Certo dia, saiu para buscar algo para comer, como fazia costumeiramente. Não se demorou. Algo de imediato lhe chamou a atenção ....já de longe via sinais de fumaça. 
Logo, ao chegar deparou-se com sua cabana, aquela que foi construída com tanto esforço, completamente em CHAMAS !!! As labaredas eram altas e a fumaça subia alto, alto em direção ao céu.
O naufrago desabou. O pior lhe tinha acontecido; como se não bastasse estar ali, perdido e só, tudo que lhe restara agora, estava perdido. 
Ele ficou atordoado com aflição e raiva. CLAMAVA e GRITAVA "Deus, como pôde você fazer isso comigo!". Naquela noite ele adormeceu em prantos.
Porém, na manhã seguinte, ele foi despertado pelo som de um navio que estava chegando à ilha.
O navio havia chegado para salvá-lo. 
"Como vocês sabiam que eu estava aqui?" ele perguntou. "Nós vimos o sinal da fumaça", eles responderam.

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." Sl.30.5b


É fácil ficar desanimado quando coisas más acontecem. Mas não devemos perder a esperança, porque Deus está trabalhando em nossas vidas, até mesmo no meio da dor e do sofrimento. Lembre-se, da próxima vez em que sua cabana estiver em chamas, aquilo pode fazer um sinal de fumaça que chamará a graça de Deus sobre sua vida. 

Nunca pare de lutar e nunca deixe de adorar a Deus, por mais difícil que pareça, LOUVE ao Senhor em meio aos problemas !!!

Deus te abençoe  !!!

Andrea Tavares

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Invocando o Nome do Senhor

Existem "estações" Atípicas, não as julgue pelo que "vê".