SINALIZAÇÃO DE DEUS

Toda sociedade precisa de regras, de leis, para que assim o ser humano possa viver adequadamente em harmonia, buscando a pacificação uns com os outros. 
Existem as leis que exigem uma punição imediata e outras não. Dependendo do grau de infração, de descumprimento ao preceito legal, haverá a sanção correta a ser aplicada ao caso em concreto.  
O indivíduo que cometeu o ilícito, ao não receber uma punição imediata, pode pensar que está tudo bem, que não haverá nenhum tipo de agravante ao seu comportamento contrário àquela determinada regra de conduta estabelecida pelo ordenamento legal. Ocorre que, embora não tenha tal aplicação imediata, virá sobre tal indivíduo os efeitos negativos do seu mal comportamento, da sua conduta ilícita, do seu ato infrator. Como podemos exemplificar este fato ?
Quando você dirige seu veículo, sabe que deve estar atento às placas, a sinalização de trânsito, pois estas lhe indicarão, sinalizarão como "andar" corretamente, sem que ocorram "acidentes" ao longo do seu percurso. 
Caso haja uma placa de PARE ou um semáforo indicando a luz verde, vermelha ou amarela, e você  ignore tal aviso, poderá até achar por um certo tempo que ninguém observou a sua conduta contrária; Aquela  que está estabelecida pela lei, ou seja, "que você deve observar e obedecer as leis de transito, incluindo a estas, a sinalização". 

Ao passar o tempo, para sua surpresa, você recebe em sua casa uma multa, mostrando que, ainda que não tenha percebido, sua conduta foi observada e a consequência chegou quando você menos esperava. 
O exemplo da multa torna-se pequeno, diante de outro que, vendo a placa "PARE" ou a luz vermelha do semáforo à sua frente e desconsiderando-a, simplesmente continuando a seguir, você pode simplesmente estar colocando em risco a sua vida e de outros ao seu redor, achando que aquele caminho já lhe é tão familiar, que não há porque parar e você continua o trajeto, mas surpreendentemente, foi iniciada uma obra naquele trajeto, e, um grande abismo foi aberto naquele estrada tão familiar... ao ignorar o aviso de "PARE" a escolha de colocar  a própria vida em risco foi apenas sua. 

O que queremos dizer com tais exemplos ? Assim como vivemos em uma sociedade composta por leis para que o homem possa viver harmonicamente, respeitando os direitos e cumpridos os deveres inerentes a cada um; assim também devemos observar a PALAVRA DE DEUS, que nos fala claramente os caminhos que devem observados por aqueles que amam a Deus e desejam obedecê-lo.  
Lembremo-nos que a Palavra nos diz que Existem caminhos que aos olhos nos parecem ser bons, mas ao seu final, dão em caminhos de MORTE"  (Provérbios 16:25)
Também nos diz a Palavra que nós fazemos a escolha, e quando fazemos a boa escolha, a boa parte, e está não nos será tirada. (Lucas 10:42). Escolha OBEDECER A DEUS. 
Mesmo que você tenha certeza que já conhece o caminho, que o percurso já lhe é familiar e que nada acontecerá, esteja atento a sinalização de Deus. 
As "placas" nos ensinarão se devemos "seguir" , "parar" ou ficar em "atenção" !!!
Que Deus te abençoe rica e abundantemente !!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROGRAMAÇÃO - VENHA NOS FAZER UMA VISITA !

Confia no Senhor e não na multidão